quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Taça da Liga: Paços Ferreira 1 FC Porto 2

Num jogo mal jogado é de salientar a atitude e o esforço dos homens do Paços que tudo fizeram para tentar ganhar o jogo.
Quanto à equipa dos Dragões o factor principal que detectei foi um grande défice de entrosamento na equipa. Muita falta de precisão nos passes, pelo que aconteceram muitos passes transviados, os quais foram por isso captados pelos contrários. Chegou por vezes a acontecer também um certo atabalhoamento a despachar a bola, acabando esta por ser interceptada pelo adversário! Pareceu-me ver também alguma falta de qualidade técnica em alguns jogadores azuis e brancos, ou então devido à falta de ritmo, darem a sensação de estarem em baixo de forma! Chego a perguntar-me se de facto são estes os jogadores que demonstraram aos responsáveis pela SAD Azul e Branca terem qualidade futebolística  para serem contratados!
Nota Final: quero aqui manifestar o meu descontentamento pela maneira como a equipa portista joga! O Vítor Pereira continua a não me dar garantias de ter competência para orientar o Plantel Azul e Branco. Se Pinto da Costa acha que o actual rendimento exibido pela equipa é suficiente, então contenta-se com pouco!


Moutinho entrou em campo ao intervalo, recuando Djalma para o posto de lateral-direito. Era uma aposta de ataque a que Cristian Rodríguez quase dava sequência, aos49 minutos, mas Cássio desviou o remate para canto. Em todo o segundo tempo, apenas Melgarejo, aos 60 minutos – num lance que parece precedido de falta sobre João Moutinho -, colocou em perigo as redes de Bracali.
Nesse momento, já Hulk tinha entrado em campo. O brasileiro cumpriu 30 minutos em alta rotação e, aos 69 minutos, criou o lance que haveria de originar o 2-1. Numa arrancada pela direita, ultrapassou um adversário e foi carregado pelo segundo, Fábio Faria. Penálti evidente, que o brasileiro concretizou de forma certeira.
Aos 80 minutos, Belluschi ainda serviu Hulk para uma nova arrancada, que culminou num remate de pé esquerdo que Cássio desviou para canto. Estavam garantidos os três pontos neste primeiro encontro da fase de grupos. Agora, os portistas têm dois jogos em casa, frente a Vitória de Setúbal e Estoril, para garantir o acesso às meias-finais da Taça da Liga.
 FICHA DE JOGO
Taça da Liga 2011/12 - 21 de Dez
embro de 2011
Estádio da Mata Real, em Paços de Ferreira
Árbitro: Rui Costa (AF Porto)
Assistentes: Nuno Manso e Tomás Santos
Quarto árbitro: Hugo Pacheco
PAÇOS DE FERREIRA: Cássio; Diogo Figueiras, Javier Cohene, Fábio Faria e Luisinho; Filipe Anunciação (cap.), André Leão e Vítor; Manuel José, William e Melgarejo
Substituições: Vítor por Bacar (75m), William por Michel Lugo (83m) e Diogo Figueiras por Caetano (86m)
Não utilizados: António Filipe, Josué, Luiz Carlos e Eridson
Treinador: Henrique Calisto
FC PORTO: Bracali; Maicon, Otamendi, Mangala e Alex Sandro; Souza, Belluschi (cap.) e Varela; Djalma, Kléber e Rodríguez
Substituições: Maicon por João Moutinho (46m), Varela por Hulk (58m) e Souza por Fernando (79m)
Não utilizados: Kadú, Iturbe, Tiago Ferreira e Vion
Treinador: Vítor Pereira
Ao intervalo: 1-1
Marcadores: Rodríguez (2m), William (16m) e Hulk (70m, pen.)
Cartões amarelos: Mangala (64m), Fábio Faria (69m) e Luisinho (82m)

1 comentário:

ℙΣ₦₮∀ ➀➈➆➄℠ disse...

caríssimas(os),

devido a « cenas que me assistem », estarei ausente nos próximos (longos?) tempos. portanto e até ao meu regresso:

votos de Boas Festas! e de um próspero Ano Novo de 2012!, para todas(os) vós e para os que vos são mais queridos! :)

e não esquecer que:
somos Porto!, car@go!
«este é o nosso destino»: «a vencer desde 1893»!

saudações desportivas mas sempre pentacampeãs a todos vós! ;)

Miguel | Tomo II