segunda-feira, 6 de outubro de 2014

A análise do Tribunal de OJogo é parcial contra o FC Porto

06/10/2014 - Pedro Proença intimidou a equipa do FC Porto distribuindo 6 cartões amarelos (de justificação duvidosa) pelos jogadores do FC Porto  e perdoou uma grande penalidade ao Braga por falta do Micael sobre o Alex Sandro, com a agravante de ainda por cima exibir o cartão amarelo ao jogador portista por suposta simulação.
Outra crítica que fazemos a Pedro Proença, foi o facto das faltas a favor do FC Porto terem sido todas assinaladas pelos seus assistentes (fiscais de linha), mas já para marcar as faltas contra a equipa portista, Pedro Proença esteve sempre muito concentrado e atento.


Relativamente à grande penalidade que o Tribunal de OJogo considerou ter existido aos 93 minutos a favor do Braga, tenho uma sugestão a fazer-lhes, caso pretendam ser isentos, vejam também as imagens disponibilizadas pelo Porto Canal do lance entre o Micael e o Alex Sandro na área do Braga, grande penalidade que ficou por marcar a favor do FC Porto, a fim de poderem emitir uma opinião objectiva.


PS - Martins Indi
O lance com Pedro Santos: "[risos]|Ele foi esperto procurou o penálti... Mas o Pedro Proença viu bem, não foi penalti".


PS1 - Sérgio Conceição também fala demais  dos árbitros

E só vê dum olho, pelo que está muito longe de ser isento e ter moral para opinar sobre a conduta dos seus colegas de profissão

Estou para ver se quando o Braga defrontar o Benfica e o Sporting ele também vai ter coragem de reclamar...!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Abrimos portas à frontalidade, mas restringimos sem demagogia, o insulto e a provocação.