sexta-feira, 3 de outubro de 2014

André Gomes portista na infância desperdiçado

03/10/2014 - André Gomes um jovem talento, portista na infância, dispensado por algum incompetente do FC Porto, queixa-se de nem sequer lhe terem dado justificações quando o dispensaram. Luís Castro era o coordenador, mas não foi ele quem o informou da dispensa. Quanto a ser adepto dum clube, André Gomes referiu que o importante é ser bem tratado num clube.
Conclusão: um profissional de futebol (seleccionável) que está agradecido ao principal rival do FC Porto porque foram os únicos a reconhecer as qualidades dele, André Gomes.

PS - André Gomes evidencía qualidade_Ver aqui

2 comentários:

  1. ....pois....todos sabemos que não podem ficar todos, mas existem erros no nosso Clube ao longo destes anos que são, no mínimo, incompreensíves. Agora é o AG mas com João Pinto ( sim, o dos encormados ) aconteceu o mesmo, para desgosto dele e também do pai, que era e é um doente Portista.

    ResponderEliminar
  2. Caro Ega,
    Infelizmente de vez em quando acontecem decisões incompreensíveis de alguns técnicos do FC Porto.

    Até sempre

    ResponderEliminar

Abrimos portas à frontalidade, mas restringimos sem demagogia, o insulto e a provocação.