sábado, 4 de outubro de 2014

Jorge Jesus e Bruno de Carvalho os dois arruaceiros

04/10/2014 - Jorge Jesus: "Tenho o direito de criticar os árbitros"

Claro, ao técnico do Benfica tudo lhe deve ser permitido: agredir jogadores adversários, suspeitar da idoneidade dos árbitros, faltar ao respeito a um colega de profissão,enfim tudo, tudo lhe deve ser permitido, e, até ironia das ironias, ser aplaudido de pé…!

Ao colega de profissão do FC Porto porém, aí já é outro assunto, tem de baixar a bola, porque se reclamar que foi grosseiramente prejudicado, leva com o comentário do mestre da táctica: Lopetegui chora muito…! E esta, hein…?!


Bruno de Carvalho (o rufião-Mor)

…Temos que nos orgulhar do nosso passado, de todos aqueles que nos serviram.

Pois, infelizmente não têm é como se orgulhar do bronco arruaceiro e rufião do actual presidente dos leões.
…O que é preciso é mantermos um caminho claro, de reerguer o Sporting, de trabalharmos em prol do Sporting.

Claro, e os fins justificam os métodos.
Insultar os presidentes adversários, aproveitar a imprensa desportiva para coagir psicologicamente os árbitros, asneirar sempre que se tece comentários acerca do futebol português, …etc…etc…!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Abrimos portas à frontalidade, mas restringimos sem demagogia, o insulto e a provocação.