sexta-feira, 31 de outubro de 2014

Lopetegui antevisão e convocatória

31/10/2014 - ​​Julen Lopetegui chamou para a recepção ao Nacional os mesmos 18 jogadores que integraram a convocatória para a deslocação a Arouca.

O encontro frente aos madeirenses decorre este sábado, às 20h15, no Estádio do Dragão, da nona jornada da Liga portuguesa.

Na derradeira sessão de trabalho antes do encontro com o Nacional, que se realizou esta sexta-feira, no Centro de Treinos e Formação Desportiva PortoGaia, no Olival, apenas dois jogadores não se apresentaram a 100 por cento: Otávio (fez trabalho de ginásio e treino condicionado) e Helton (manteve o regime de treino integrado condicionado).

Lista de 18 convocados: Fabiano e Andrés Fernández (g.r.); Danilo, Martins Indi, Maicon, Marcano, Casemiro, Quaresma, Brahimi, Jackson Martínez, Quintero, Tello, Herrera, Adrián López, Alex Sandro, Óliver, Rúben Neves e Aboubakar.

LOPETEGUI: “A NOSSA ENERGIA E MOTIVAÇÃO TÊM DE SER INTERNAS”

​Técnico espanhol fez a antevisão da partida com o Nacional (sábado, 20h15, Estádio do Dragão)

​Os Dragões encontram este sábado (20h15, Estádio do Dragão) o Nacional da Madeira e, em conferência de imprensa, Julen Lopetegui assegurou que o plantel está a preparar o encontro com a “máxima exigência, o máximo cuidado e respeito ao adversário”. O técnico espanhol relembrou que a equipa orientada por Manuel Machado retirou cinco pontos aos Dragões na época passada e destacou que os portistas “estão a trabalhar com paixão, motivação e fome de vitórias” para alcançarem os três pontos nesta partida, após a vitória (5-0) em Arouca, no sábado.
“É certo que falamos de uma boa equipa, que se classificou bem no ano passado e que tem bons jogadores, com um potencial maior do que reflecte a classificação. Tenho a certeza de que vai terminar mais acima na tabela, pois tem um plantel de qualidade, com várias soluções para colocar dentro de campo. Vamos ter de fazer as coisas bem para conquistar os três pontos frente ao Nacional”, disse.
Deixando um tónico para o plantel - “não precisamos da derrota de alguém para saber o nosso objectivo, a nossa energia e motivação têm de ser internas” -, o técnico reforçou que a partida da nona jornada da Liga é o único foco de atenção: “Fizemos um bom jogo em Arouca, mas esse encontro já terminou. O próximo começa com 0-0 e temos uma grande vontade de fazer uma boa partida. O maior 'clique' que temos é o nosso trabalho, competir bem, ser cada vez melhor equipa e vencer os nossos jogos, focando a nossa energia em superar os adversários. Estamos no início da época e os resultados vão ser bons e maus para todas as equipas. O importante é conseguir os três pontos em cada jogo e as contas fazem-se mais para a frente”.
Os Dragões têm jogado quase sempre ao ritmo de três em três dias e, face a essa situação, Lopetegui valorizou esta semana, em que a equipa teve mais tempo para trabalhar: “Conseguimos reafirmar conceitos de jogo em todas as linhas, ofensiva e defensivamente. Uma das questões que o treinador tem de assumir é que, quando as coisas correm bem, o mérito é dos jogadores e, quando correm mal, é do treinador. Há jogadores que estão a crescer e continuam a trabalhar com paixão, motivação e fome de vitórias. Isso move-os e faz-nos crescer como equipa, até porque, vencendo, vamos alcançando os objectivos nas competições”.
Lopetegui disse ainda que a equipa “respeita muito” a contribuição da massa associativa para chegar a bom porto: “A História e a mística dizem que o FC Porto se une em todas as situações. Estamos juntos, contra tudo e contra todos. Esse é o objectivo, queremos que o FC Porto seja campeão e que a esperança e a crença sejam cada vez maiores”.

ÁRBITRO: Nuno Almeida

IDADE: 39

ASSISTENTES: Pais António, Luís Ramos

4º ÁRBITRO: Eugénio Arêz

OBSERVADOR(ES): Amilcar Ventura

DELEGADO(S): Alcino Campos, Luis Rendeiro

Sem comentários:

Enviar um comentário

Abrimos portas à frontalidade, mas restringimos sem demagogia, o insulto e a provocação.