segunda-feira, 7 de julho de 2008

Confirmação da predisposição de 4 vogais em condenar P.C.


Conforme a minha análise dos factos, confirma-se a predisposição de 4 elementos (vogais) que fazem parte do Conselho de Justiça da FPF para condenar o Presidente do FC Porto, sem ter em conta o segundo arquivamento do caso da suposta tentativa de aliciação do árbitro, atribuida a Pinto da Costa.
Como é do conhecimento público o processo foi reaberto devido a uma testemunha do M.Público, C.Salgado.
Mesmo depois de confirmado que a testemunha do M.P. (meteu os pés pelas mãos) prestou falsas declarações e de se saber que essa senhora não é digna de credibilidade, mesmo assim as personalidades afectas ao benfica consideram válidas as afirmações de tal testemunha. Pelo que se pode depreender que com C.S. ou sem ela é o SLB quém quer à viva força forçar uma condenação de Pinto da Costa mesmo sem fundamentos legais.
Isto também se percebe depois de se ler as declarações de joão Abreu.

Gonçalves Pereira alegou que as decisões proferidas pelos cinco membros do CJ carecem de fundamento legal, enquanto João Abreu o acusou de coagir os membros do órgão de justiça federativo no sentido de obter uma decisão favorável a Pinto da Costa e ao Boavista.

João Abreu acusa Gonçalves Pereira esquecendo-se de que ele próprio preconcebidamente já se preparava para condenar o Presidente do FC Porto.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Abrimos portas à frontalidade, mas restringimos sem demagogia, o insulto e a provocação.