domingo, 6 de julho de 2008

O Benfica consegue instrumentalizar cinco vogais(torcionários) do C.J. da FPF


Apaniguados ou não dos benfiquistas, o que é certo é que estes cinco elementos, vogais do CJ da FPF, estão a deixar-se manipular, instrumentalizar, pela direcção desses mesmos benfiquistas.
Vai daí e não olham a meios para atingir os seus (deles) fins. Imbuídos do preconceito de que o Pinto da Costa é corrupto, não precisam de provas para o condenar. Ou então servem-se do testemunho duma (drogada) mentirosa compulsiva, o que aliás ficou provado em Tribunal, para justificar as suas (deles)decisões. Por mais estranho que pareça o que acima menciono, já foi confirmado pelo TIC da cidade do Porto. Tendo mesmo, o Ex. mo Dr. Juiz que apreciou o caso do suposto delito de tentativa de corrupção atribuída a Pinto da Costa, sido mandado arquivar pela segunda vez, o processo devido a ter detectado falsidades nas afirmações da denunciante, testemunha do MP. Decidindo encarregar o Ministério Público de investigar a senhora que produziu os tais falsos testemunhos.
Pasme-se porem e não obstante, os acima citados cinco vogais, nem sequer se quiseram dar ao trabalho de tomar conhecimento das determinações do TIC do Porto, sobre o caso do Pinto da Costa. Conclusão : “o maior cego é o que vê e não quer ver” .
Em face do acima exposto, verifico uma grande predisposição de toda aquela gente afecta ao clube de Lisboa, que vê neste procedimento uma maneira relativamente eficaz de eliminar o principal concorrente, oponente, adversário, ou como queiram chamar, do futebol Nacional, sem ter de se esforçar muito em campo (aspecto desportivo).
E o mais grave é que eles que têm telhados de vidro, com exemplos tortuosos de corrupção em sua (deles) casa, desde tentar coagir de equipas de arbitragem e dirigentes federativos, até ao célebre caso do Estorilgate, no ano em que o Benfica do Trapattoni ficou campeão, deviam abster-se de atirar a primeira pedra a quem quer que fosse , mas, pelos vistos não estão dispostos a fazê-lo.
Prevejo portanto grande complicação para a resolução deste caso...

7 comentários:

  1. Uma vergonha à moda do passado em que eles comiam tudo e não deixavam nada.
    Mas como sempre estou confiante.
    Um abraço

    ResponderEliminar
  2. Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

    ResponderEliminar
  3. Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

    ResponderEliminar
  4. Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

    ResponderEliminar
  5. Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

    ResponderEliminar
  6. Olá,

    Este caso ainda fará correr muita tinta, mas parece o revisionismo de décadas anteriores, onde prolifera a lei do faroeste. Vergonhoso!

    ps: Em relação à moderação dos comentários, terás que ir a personalizar (em cima da página, lado direito), depois a definições (cimo da página, lado esquerdo) e aí entras em comentários. Nessa página, podes escolher as opções que quiseres para os comentários. Basta clicar e depois, em baixo, fazeres guardar definições.

    Para eliminares um comentário já publicado, tens que ter a sessão aberta em teu nome. Depois basta entrares na caixa de comentários e aparece, por baixo de cada um feito, um caixote do lixo. Anulas o comentário que quiseres, clicando na respectiva caixa do lixo.

    Qualquer dúvida, dispõe.

    ResponderEliminar
  7. Ao anónimo!
    Já todos sabemos isso(os regulamentos estão publicados) que apontas.E os cinco vogais em causa não padecem de nenhum impedimento?!A reunião não tinha já terminado? Por outro lado qual é a pressa de condenar já o Pinto da Costa antes dos tribunais decidirem?
    Tudo isto faz-nos notar que existe precipitação,manobras para condenar já o homem,baseadas em testemunhos falsos,e,nos vossos preconceitos. Também sabemos que se estão predispostos a subscrever a decisão precipitada (não confirmada pelo TIC do Porto) do Ricardo Costa benfiquista ferrenho(doente)por alguma razão é! Não é assim? Todo aquele que parte do princípio que os outros são ingénuos ou atrazados mentais,padece de falta de inteligência.Aconselho-te a reveres a tua atitude para com os teus semelhantes,"se não queres ser lobo não lhe vistas a pele"
    Já agora,tu que és tão isento e honesto,antes de atirares pedras ao telhado do vizinho...
    porque não condenas as reuniões do JVeiga e do LFV com árbitros,na última época (Trapattoni)em que o SLB foi campeão.Olha que estas são notícias publicadas numa edição relativamente recente do DN.
    Ah!E o caso Estorilgate,também queres falar sobre este assunto?

    ResponderEliminar

Abrimos portas à frontalidade, mas restringimos sem demagogia, o insulto e a provocação.