sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

Paulo Fonseca e mais umas notícias

17-01-2014 – Existe uma campanha para fragilizar o FC Porto
Na conferência de imprensa de antevisão do encontro com o Vitória de Setúbal (domingo, 19h15, Estádio do Dragão), Paulo Fonseca foi contundente nas críticas à comunicação social e a uma campanha que considera tentar fragilizar a sua equipa.
​…Uma parte considerável da conferência de imprensa girou em torno da entrevista que Jorge Nuno Pinto da Costa deu na quinta-feira ao Porto Canal. Paulo Fonseca considerou-se em perfeita sintonia com as ideias do presidente do FC Porto : “Foi bastante elucidativo em relação ao momento que o futebol atravessa e não me resta acrescentar muito mais ao que o presidente manifestou. Não tenho dúvidas de que existe uma campanha premeditada para fragilizar o FC Porto e promover os outros dois clubes”.
Paulo Fonseca foi mais longe nas críticas, nomeadamente em relação à comunicação social: “O tratamento dado ao FC Porto não é o mesmo dado aos outros clubes; é nítido para toda a gente. O facto é que, propositadamente, no final da partida com o Benfica não falámos da arbitragem e nenhum jornalista fez perguntas sobre a mesma na conferência de imprensa”. O treinador dos tricampeões nacionais reafirmou depois a sua confiança no grupo de jogadores que comanda, principalmente após a derrota nesse jogo: “Nós percebemos as circunstâncias em que aconteceu a derrota na Luz e todos os jogadores estão revoltados, pois sabem do que se passa. Não vai influenciar no nosso crescimento enquanto equipa”.
Paulo Fonseca abordou a partida com o Vitória de Setúbal de forma realista, referindo-se às várias mudanças que o próximo adversário do FC Porto já efectuou durante a época: “Na primeira jornada, o Vitória de Setúbal tinha um treinador diferente. A equipa revela agora mais organização e a verdade é que, após a entrada do José Couceiro, tiveram um período bastante positivo. Acreditamos que vamos passar por dificuldades e sabemos que vamos defrontar uma equipa à espera de nos surpreender no contra-ataque. Depois da vitória e da boa resposta que demos na Taça da Liga, com o Penafiel, espero que possamos vencer para o campeonato”.
…Reafirmando que não está previsto o reforço do plantel do tricampeão nacional, Paulo Fonseca considerou também positivo o facto de Pinto da Costa ter depositado, novamente, toda a confiança no seu trabalho : “Falo todos os dias com o presidente e sei o que ele pensa. É uma honra para mim treinar o FC Porto”.

PS - O jogo entre Penafiel e FC Porto B, da 25.ª jornada da Segunda Liga, disputa-se este domingo, às 11h15, no Estádio 25 de Abril, em Penafiel.


Opiniões/Conceitos
PS1 - José Manuel Ribeiro
…Não importa o grau de talento, se é que o talento se mede em graus: os extremos saídos do Sporting já nascem com lata, um descaramento descomunal, uma falta de respeito infame, uma pele de elefante que nunca deixa entrar a dúvida. A principal diferença entre os jogadores que o Sporting forma e os outros é essa autoconfiança que os faz acreditar - e, acreditando, tornando real - que serão os melhores do mundo, se não nos próximos cinco minutos, o mais tardar na semana que vem. Para cúmulo, desde Figo que há provas concretas de que não são delírios, indícios irrefutáveis pelo mais rigoroso dos tribunais. Carlos Mané é só uma nova versão do filme. Ao contrário dos miúdos comuns, sempre afetados pela solenidade dos primeiros passos, ali não há medo, pelo contrário; só desdém por aquele "patético" lateral. Seja do Marítimo, seja (como há dez anos e pico) do Manchester United.

PS2 - ...A importância dos sinais  Carlos Machado
No confronto entre razão e emoção ficou a importância dos sinais. Ao retrair a equipa, Jesus passou uma mensagem de medo, preocupou os jogadores; ordenando substituições improváveis, Vítor Pereira exaltou uma confiança que talvez não sentisse. Passou um sinal positivo. De resto nem sequer tem pejo em reconhecer que Kelvin não tinha maturidade para entrar num jogo daquela importância.
O mais engraçado desta história é não encerrar nela própria uma moral ou uma lição para o futuro. É importante ler os sinais e passar mensagens positivas. Só isso! Garantias não há. Friamente, sem ponta de cinismo, Vítor Pereira reconhece que a entrada de Roderick foi acertada.
Mas ousar vale sempre a pena.

Anderson emprestado à Fiorentina com opção de compra de 6,5 milhões
 

Porque será que os dirigentes portistas não se interessaram em reaver o Anderson com opção de compra acessivel?!
Médio ex-FC Porto segue para a Fiorentina, onde tentará relançar a carreira
De uma assentada, a Fiorentina garantiu o empréstimo de dois jogadores de renome: Anderson e Matri. Tanto o médio brasileiro do Manchester United como o avançado italiano do Milan vão juntar-se aos viola até ao fim da época, sendo que só Anderson tem uma cláusula de opção de compra, no valor de 6,5 milhões de euros.
Os dois reforços são esperados esta tarde em Florença, onde se irão submeter aos habituais testes médicos. Anderson chega para adicionar criatividade ao meio-campo da equipa, quarta classificada na Serie A, enquanto Matri vai colmatar a ausência de Giuseppe Rossi, que se voltou a lesionar-se com gravidade no joelho direito.
Anderson, 25 anos, estave duas temporadas no FC Porto, antes de se mudar para Manchester, em 2007/08. Na atual época, participou apenas em oito jogos.

Anderson: "Em Portugal só jogo no FC Porto"
O médio do Manchesster United diz que tem carinho pelo Manchester United, FC Porto e Grémio. E respeita o Benfica.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Abrimos portas à frontalidade, mas restringimos sem demagogia, o insulto e a provocação.