domingo, 26 de janeiro de 2014

Porque não Jackson e Ghilas na frente de ataque

26/01/2014 - Porque não Jackson e Ghilas na frente de ataque?!
Paulo Fonseca quando se vê aflito lá recorre ao eficaz recurso, diga-se de passagem, de aumentar o poder de fogo da equipa portista acrescentando Ghilas ao ataque. Se em casos de emergência é assim, porque não colocar de inicio o Ghilas com o Jackson a jogar no ataque, hipótese 4x2x4?! Claro que com este sistema os avançados portistas teriam de se mentalizar de começar a defender logo à saída dos contra-ataques dos adversários, marcando os defesas e médios contrários, impedindo assim o possível êxito desses lances.
Até porque o Jackson já referiu que jogava atrás do ponta de lança quando jogava no México.
Mas mais, é que duma maneira geral as equipas vêm jogar ao Dragão à defesa (autocarro dinâmico) e explorar o contra-ataque.
É que o Ghilas com a sua velocidade e técnica dá outra alma à equipa!

1 comentário:

  1. Opiniões para contestar adversários fanáticos:

    Rui Valente disse...
    Não sei que deva dizer. Se elogiar o esforço de um conjunto de jogadores descomandados, ou se persistir na crítica ao treinador que não consegue encontrar um rumo, um sistema de jogo, uma equipa.
    Não gostei nada, absolutamente nada do jogo. Assim, o cepticismo vai continuar e o sofrimento dos portistas também...

    Filipe Costa disse...
    Dia típico no futebol português:
    -Carlos Eduardo sofre penalti claro não assinalado pela arbitro.
    -Ghilas sofre penalty claro desta vez assinalado pelo arbitro.
    -Adrien atira-se ostensivamente para o chão dentro da grande área adversaria e arbitro marca penalty.
    Conclusão do dia na comunicação social:
    - FC Porto beneficiado; Sporting prejudicado.
    Assim vai o Pais!

    Anónimo disse...
    A equipa não tem fio de jogo, ligação entre sectores, consistência defensiva, acutilância ofensiva, vontade, querer e garra!! E ISTO NÃO É " jogar à Porto " como disse PF!! "Isto com muito esforço, é jogar à Paços, Aves ou qualquer outra coisa que ele PF tenha treinado antes, mas nunca à Porto"!!

    Anónimo disse...
    Sou benfiquista. Mas digo que o Porto ganhou limpo. O pênalti existiu. O que não existiu foi penalti que deu o terceiro golo do Sporting em Penafiel. O presidente do Sporting, conhecido na minha zona por anão das couves, devia estar calado. Envergonha os próprios sportinguistas. Quem tem tantos telhados devido, como tem moral para falar dos árbitros?

    ResponderEliminar

Abrimos portas à frontalidade, mas restringimos sem demagogia, o insulto e a provocação.