sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

Pedro Marques Lopes

Pedro Marques Lopes na sua habitual crónica em A Bola - Brasão abençoado - “Adiar o inadiável”
 

…depois de arrasar as opções do actual líder da equipa técnica dos dragões…

…No dia em que o FC Porto se esconder por detrás dos erros da arbitragem desceu ao nível dos adversários, sempre dispostos a esconder as falhas próprias com desculpas e teorias conspirativas apatetadas.
Não podemos, porém, fazer figura de anjinhos e fingir que o que se passou na Luz foi uma simples má arbitragem.
Foram demasiados erros graves e que prejudicaram seriamente o FC Porto. Convenhamos, dois penalties, parar o jogo para evitar um golo (um lance que envergonharia até Inocêncio Calabote) e uma expulsão injusta, é demais – comparar estes erros todos com o penalty de Mangala é apenas desonestidade intelectual.
Mas, claro está, não existirão indignações generalizadas a pôr em causa o bom nome do futebol e a verdade desportiva. Há coisas que nunca mudam.

3 comentários:

  1. Aos lampiões rascas que aqui vêm exprimir a sua diarreia mental !

    Eu sei que vocês só vêm aqui comentar para desestabilizar, por isso logo que deteto um vosso comentário vai direitinho para o lixo sem tomar conhecimento.
    Por isso força continuem...
    A vossa noção de ética desportiva resume-se a tudo que beneficie o vosso clube, nem que para isso tenham de passar por cima de tudo e todos!

    Aliás condição para comentar: abrimos portas à frontalidade, mas restringimos sem demagogia, o insulto e a provocação

    dragaoatento

    ResponderEliminar
  2. Os piores benfiquistas nem sao os lá de baixo de lisboa encarnados da mouraria.... os piores sao os gajos adeptos do slb da provincia e em especial do norte ... sao os encornados do norte chamados de "boifiquistas"... e vao uma vez na vida conhecer o curral dos currais e cantao a musica do boi da fafa... - "vermelhou, no curral !..."





    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amigo!

      E eu que o diga. Infelizmente conheço muitos que confirmam a sua afirmação.

      Saudações portistas,

      Abraço

      Eliminar

Abrimos portas à frontalidade, mas restringimos sem demagogia, o insulto e a provocação.