segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

Walter o goleador com peso a mais

Para não ter de pagar para jogar, o ex-portista não fica sujeito ao regulamento interno que determina multa de 180 euros por quilo a mais
Renato Gaúcho, treinador do Fluminense (Brasil), diz que "é mais fácil secar o mar do que emagrecer o Waltinho". Apesar da tirada humorística e de estar disposto a abrir uma exceção no tocante às regras do peso, o técnico promete ser firme. É que o ex-portista Walter, mesmo tendo chegado a um grande do Brasil, desta vez passou das marcas e apresentou-se a pesar 106 quilos.
Baixar-lhe o peso é palavra de ordem, mas com calma, disse Renato em entrevista ao "Esporte Espetacular", da Globo. "Ninguém vai emagrecer o Waltinho. Chegou com 106 quilos, estava acostumado a jogar com, sei lá, 100 quilos. Vamos tentar baixar ao máximo o peso dele", afirmou, elogiando a atitude profissional do jogador, que diz estar a treinar como nunca treinou, e encontrando atenuantes:
"Ninguém faz 13 golos no brasileiro jogando no Goiás, é muito difícil. Ele fez. Eu votei nele como o melhor atacante do campeonato."Sempre bem-humorado, contou o modo como o recebeu: "Acho que você está magro, né? Acho que você sofreu um acidente de automóvel e engoliu os quatro airbags, não é possível!"
Esta é a quinta vez que Renato Gaúcho treina o Fluminense, depois de lá ter brilhado como futebolista, e teve sempre uma regra de ouro: depois de estabelecido o peso ideal de cada um, quem se exceder paga 600 reais (180 euros) por cada quilo a mais. O plantel já foi informado de que Walter passa ao lado desse artigo do regulamento interno. "Se lhe aplicasse a regra, ele teria de pagar para jogar. Ele é exceção. Com 16 anos já pesava 94 quilos. É mais fácil secar o mar do que secar o Waltinho", concluiu.


Dragaoatento: os experts na matéria de preparação física do FC Porto, vão ter de aprender, porque não é por acaso que o Renato Gaúcho actual treinador do Fluminense abriu uma excepção para o Walter. É que o Walter mesmo com peso a mais e a jogar no Goiás fez 13 golos no brasileirão, facto este que não é para qualquer um!
Já há uns tempos atrás aqui eu defendi a tese de que o Walter devia ser posto a jogar na equipa portista mesmo com algum peso a mais, aproveitando as suas características de grande rematador e capacidade de choque em confronto com as defesas contrárias. É errado pretender que dada a compleição física do Walter ele seja um sprinter, ele deve ser utilizado aproveitando as suas características físicas: atleta possante de grande pujança física e evoluído tecnicamente!
O Walter não é jogador para andar a correr o campo todo, mas quando a bola lhe chega aos pés ele não se precipita a despachá-la (
como outros na equipa fazem) e procura sempre dar seguimento à jogada ou até finalizar. Além disso tem um pontapé poderoso e de grande precisão.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Abrimos portas à frontalidade, mas restringimos sem demagogia, o insulto e a provocação.