sábado, 27 de setembro de 2014

Bruno de Carvalho a sua fruta, tentativas de manipulação

27/09/2014 - O instrumentalizador, manipulador, Bruno de Carvalho.
Logo que chegou ao futebol, começou por manipular a percentagem mais rafeira (aqueles que provocavam desordens nas assembleias do clube leonino) dos sócios sportinguistas até conseguir obter a presidência do Sporting.
Depois apercebendo-se de que a grande máquina de jornalistas desportivos fanáticos anti-portistas estava sediada em Lisboa, não tem feito outra coisa senão incendiar o ambiente do futebol português atacando descaradamente Pinto da Costa com falsidades. Pois tem ficado provado nos tribunais que o FC Porto não foi beneficiado no passado em nenhum dos jogos em que lhe foram atribuídas tentativas de corromper os árbitros.


Mesmo que no passado houvesse o costume de oferecer prendas aos árbitros, não foi o Presidente do FC Porto de certeza absoluta quem iniciou esse tipo de procedimentos, existindo na história do futebol nacional exemplos de casos da autoria de dirigentes sportinguistas e benfiquistas.
Entretanto o Bruno de Carvalho, um vendedor da banha da cobra e falso moralizador do futebol nacional, que logo que se apanhou à frente da direcção do Sporting não tem feito outra coisa senão servir-se da imprensa desportiva fanática anti-portista, a qual diga-se de passagem, até se sente bem a ser manipulada desde que seja contra o FC Porto, para denegrir o rival do Norte de Portugal. Mas mais, o falso moralista do futebol nacional conluiou-se com pessoas de mentalidade duvidosa, pouco recomendáveis, (Mário Figueiredo e Carlos Deus Pereira um homem próximo de Filipe Vieira; estes dois, os personagens golpistas porque não respeitam as regras democráticas e as maiorias) para se apoderarem dos órgãos de poder do futebol em Portugal: Liga de Clubes e o Sector da Arbitragem. Eis aqui "um novo tipo de fruta", ou seja, um novo processo de que Bruno de Carvalho se serve para, coagir psicologicamente os árbitros, instrumentalizar tudo e todos, entenda-se quem queira e se disponha por conveniência a ser manipulado, instrumentalizado.

1 comentário:

  1. Comecei a ler e desisti porque além de atrasado mental não sabes ler?!!!
    Escrevi ( o que eu aqui escrevo faz lei) tem ficado provado nos tribunais que o FC Porto não foi beneficiado no passado em nenhum dos jogos em que lhe foram atribuídas tentativas de corromper os árbitros.
    Ponto final. E vai dar uma volta ao bilhar grande....
    Tu és um gravador que repete as atoardas (boatos) de palermas como o Bruno de Carvalho... portanto se não desistires é contigo. A primeira coisa que vou passar a fazer é ver quem é o autor do comentário e claro, sendo teu vai direitinho para o lixo.
    Não tens ponta por onde se lhe pegue...

    ResponderEliminar

Abrimos portas à frontalidade, mas restringimos sem demagogia, o insulto e a provocação.