sexta-feira, 22 de agosto de 2014

Convocados para Paços Ferreira e Paulo Fonseca

22/08/2014 - Atenção que o Paulo Fonseca (podendo-se considerar brio profissional, complexo de frustração, ou tentar provar qualquer coisa) que não teve sucesso no Dragão é muito capaz de ter preparado o Paços Ferreira para criar alguma surpresa, isto é, tentar derrotar o seu ex-clube.

MARCANO em estreia nos convocados para Paços Ferreira

​A chamada de Marcano é a grande novidade da convocatória de 18 atletas elaborada por Julen Lopetegui, tendo em vista o encontro com o Paços de Ferreira, marcado para este sábado às 18h00, e a disputar no Estádio Capital do Móvel, em Paços de Ferreira. Comparativamente com a convocatória elaborada pelo técnico espanhol para a deslocação a Lille, saem das escolhas do técnico basco Danilo, Quaresma e Reyes.

No último ensaio antes da deslocação ao recinto dos pacenses, que se realizou na manhã desta sexta-feira, no Centro de Treinos e Formação Desportiva Porto-Gaia, treinaram 25 jogadores.

Lista de 18 convocados: Andrés Fernández e Fabiano (g.r.); Martins Indi, Maicon, Marcano, Casemiro, Brahimi, Jackson Martínez, Quintero, Tello, José Ángel, Evandro, Herrera, Adrián López, Ricardo, Alex Sandro, Óliver Torres e Rúben Neves.

Lopetegui quer a equipa 100% focada no Paços Ferreira

Técnico espanhol defendeu “mentalidade competitiva elevada” como chave para o jogo da segunda jornada da Liga

​Julen Lopetegui realçou que o FC Porto vai encontrar “um adversário que esteve toda a semana a trabalhar o jogo com muito cuidado e esmero”, enquanto o FC Porto aterrou "há pouco menos de 24 horas" proveniente de Lille: “Vamos encontrar um adversário que fez um bom jogo contra o Benfica. Teve uma primeira parte muito boa, com várias acções de golo e até dispôs de um penálti. É uma equipa bem trabalhada pelo Paulo Fonseca, que é um magnífico treinador e já fez um bom trabalho anteriormente no Paços de Ferreira e também no FC Porto, mesmo não obtendo os resultados que pretendia”.

Lopetegui realçou que só há uma forma de encarar a partida que marca o regresso ao campeonato nacional após a vitória em Lille, por 1-0, no play-off da Champions League: “Temos de estar mental e fisicamente preparados para enfrentar um adversário duríssimo e forte. A motivação e a mentalidade competitiva têm de ser elevadas e é preciso que a energia esteja focada a 100% no jogo de Paços de Ferreira”.
O técnico do FC Porto revelou que pretende uma equipa personalizada para a partida com os pacenses: “Quando tivermos a bola, vamos tentar jogar da maneira que trabalhámos e nos sentimos confortáveis, e sem bola vamos tentar fazer o mesmo. Queremos competir bem, atacar bem e defender bem, joguemos onde joguemos. Nós temos uma ideia, o adversário tem outra: queremos ser nós próprios, sabendo que temos um adversário que vai utilizar as suas próprias armas”.

O técnico basco destacou o facto dos Dragões terem vários elementos para uma mesma posição para garantir que a equipa está preparada para as oscilações naturais dos jogadores durante a época: “Temos um plantel de equipa grande. Tentaremos estar preparados para o momento de cada um dos jogadores e atentos para que esse momento nos faça idealizar uma equipa inicial, pois só jogam 11 e, depois, mais três suplentes. Quando se joga a cada três dias, há muitos factores a ter em conta e temos de tentar tomar a decisão correcta face a todas as variáveis de cada jogo”.

Reforçando a juventude e as várias mudanças que foram operadas no plantel, Lopetegui afirmou ainda que há muito trabalho pela frente: “Se uma equipa que está feita e construída tem de melhorar continuamente, nós ainda temos mais para fazer. Estamos em Agosto e temos de estar atentos para melhorar em muitos aspectos”.


ÁRBITRO: Manuel Mota (37 anos)

ASSISTENTES: Paulo Vieira, Jorge Oliveira

4º ÁRBITRO: Cosme Machado

OBSERVADOR(ES): Joel Amado

DELEGADO(S): Fernando Silva, António Soares

Sem comentários:

Enviar um comentário

Abrimos portas à frontalidade, mas restringimos sem demagogia, o insulto e a provocação.