sábado, 2 de agosto de 2014

Todo o plantel para estágio, Casemiro, mais análise...

02/08/2014 - Mais um estágio a servir de preparação para os exigentes testes que se avizinham e de orientação para retirar ilações sobre quais os que terão mais possibilidades de serem titulares e até possivelmente definir uma ou outra dispensa.
A possível entrada de última hora de mais algum elemento (Jiménez) para a equipa, terá por agora de ficar adiada por mais algum tempo, que serão dias ou semanas. Até ao fim do fecho do mercado, na Europa 31 do corrente mês, muita coisa pode acontecer.

Julen Lopetegui dado ter todo o plantel disponível, convocou a totalidade dos 28 jogadores para o estágio com duração duma semana em Inglaterra e que inclui os jogos com o Everton (domingo) e o West Bromwich (dia 9). Helton, que é neste momento o único caso clínico do FC Porto, seguirá com os restantes companheiros que partem do Aeroporto Sá Carneiro ao início da tarde.

Casemiro: "Quero afirmar-me no FC Porto" e "Vamos fazer grande época"

"Vou ter de trabalhar todos os dias, nos treinos, e mostrar um bom futebol nos jogos. Só assim conseguirei ser titular na equipa do FC Porto, visto ser constituída por grandes jogadores.
Estou confiante numa grande temporada. Já deu para perceber que é um grupo com muita qualidade".

Também nós estamos confiantes na realização duma boa época por parte do FC Porto, mas nada de euforias, porque os principais rivais da segunda circular lisboeta também se reforçaram e estão a trabalhar bem no sentido de nos dificultarem a vida (esta época é capaz de confirmar a competência do Marco Silva) . Além de que eles, os nossos rivais, podem contar como de costume com o "handicap" muito importante para a classificação geral final, do benefício dos erros de arbitragem e da intoxicação dos facciosos jornalistas desportivos afectos aos dois principais clubes da capital, pelo que todo o cuidado será pouco. Por conseguinte teremos de ir com calma e avançando jogo a jogo, e depois, logo se vê.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Abrimos portas à frontalidade, mas restringimos sem demagogia, o insulto e a provocação.