terça-feira, 26 de agosto de 2014

Lille, Rúben, Moreirense e Sacko

26/08/2014 - Eles aí estão cheios de... confiantes!
Eis a razão porque Lopetegui chamou a atenção da equipa para o perigo de não se levar a sério este Lille que fora joga melhor do que em casa. É que eles em Lille têm de jogar em ataque continuo (algo em que não são bons), o que é muito diferente de colocar um autocarro em frente à sua baliza e explorar o contra ataque venenoso sempre que consigam conquistar a posse da bola, sistema em que normalmente são exímios, hábeis e assertivos!


RENÉ GIRARD

O treinador do Lille afirmou que a sua equipa jogará "com vontade de ganhar" ao FC Porto, na terça-feira, contando com Salomon Kalou para isso.

"Temos que ser eficazes e jogar com determinação, pois trata-se de um jogo com a intensidade própria da Liga dos Campeões", afirmou René Girard, em conferência de imprensa de antevisão da partida marcada para o Estádio do Dragão (19h45).

Segundo René Girard, na primeira mão da eliminatória que decide a passagem à fase de grupos, "o FC Porto não teve mais oportunidades" do que o Lille, "mas esteve melhor", razão pela qual entende que, para discutir o jogo, "há que evitar os erros".

"Temos mais a ganhar do que a perder", disse o treinador, que pretende que a sua equipa faça "um jogo sério, com mais confiança", mesmo sabendo que "não se ganha facilmente a uma equipa como o FC Porto".

Confirmando que o central Marko Basa não poderá jogar (lesionou-se na passada jornada), René Girad revelou que Salomon Kalou se encontra entre as opções: "Está bem fisicamente e poderá fazer parte do onze".

Relativamente a Rony Lopes, médio português, de 18 anos, emprestado ao Lille pelo Manchester City, não confirmou a sua possível utilização, mas elogiou-o: "É um belíssimo jogador, embora ainda novo".

Nolan Roux, avançado do clube francês, admitiu que o Lille tem andado "com dificuldades em concretizar", mas tem fé num bom resultado: "Se não acreditássemos, nem teríamos vindo".

PS - “Um caso sério” por Jorge Maia

Em Lille, Rúben Neves mostrou que pode ser a melhor escolha possível para mais do que um lugar, ganhando ainda espaço no onze de Lopetegui

Em algumas equipas de futebol, como em alguns clássicos da ficção científica, o espaço é a última fronteira. No FC Porto de Lopetegui, por exemplo, a extensão do plantel significa que não há espaço para toda a gente no onze, como de resto ficou evidente em Lille. Aliás, o espanhol já abordou a questão, garantindo que não há titulares, embora provavelmente, e atendendo à qualidade da mão de obra que tem à disposição, o mais correto fosse dizer que são todos titulares. Ora, sendo uma inevitabilidade imposta pelas leis do jogo que alguns deles acabem por ficar de fora, não deixa de ser significativo que Lopetegui tenha feito questão de não abdicar de Rúben Neves no onze inicial, mesmo numa partida que pedia outro tipo de jogador para o lugar de trinco.

No final da vitória do FC Porto sobre o Marítimo, na primeira jornada do campeonato, entre os elogios à exibição do miúdo e à coragem do treinador em lançá-lo, não faltou quem tivesse a clarividência de questionar a viabilidade da aposta do espanhol a longo prazo, desde logo atendendo à presença de Casemiro no plantel, mas também às notícias da iminente chegada de Clasie à equipa. Em Lille, Rúben Neves mostrou que pode mesmo ser a melhor escolha para mais do que um lugar, garantindo, para lá de qualquer dúvida razoável, que é muito mais do que um capricho passageiro de Lopetegui.

PS1 - Moreirense (bazófia?)

Miguel Leal treinador do Moreirense, após o empate com o Braga, referiu que ninguém esperaria ver a sua equipa com quatro pontos somados em duas jornadas

Jogo no Dragão: "As dificuldades vão aumentar de forma significativa, mas como acreditamos no trabalho e isso dá-nos confiança, iremos para o Dragão enfrentar as feras com confiança".

PS1 - E é capaz de não ser só bazófia…!

PS2 - Sacko ...aproveitar os olheiros alheios... (?): L'Équipe 

Este internacional francês, de 20 anos, cujo contrato com o Bordéus expira em 2015, chegou a ser também alvo dos ingleses do Stoke City, mas tudo indica que no seu destino será Alvalade. No domingo passado informou o treinador da equipa francesa, Willy Sagnol, quanto ao seu desejo de mudar de ares.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Abrimos portas à frontalidade, mas restringimos sem demagogia, o insulto e a provocação.