segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

FC Porto "As coisas não estão fáceis", diz Paulo Fonseca

O técnico portista estava resignado com o resultado na Madeira. "Foi difícil. O adversário apanhou-se cedo em vantagem. O relvado estava irregular. Faltou-nos agressividade no primeiro tempo. O Marítimo foi muito mais rápido a chegar à bola".

Quem o afirma é quem devia, por princípio, zelar para que tal não acontecesse ...!
Então que líder de equipa técnica é este que não consegue providenciar, motivar, preparar os seus atletas para que estes se apresentem sempre em boa forma física e técnica, estejam aptos e predispostos a dar o máximo rendimento em campo?!
Só falta o Paulo Fonseca confessar, que tal como muitos dos adeptos portistas já detetaram, não tem unhas para tão grande empreendimento!
Se bem que eu quero acreditar, que o problema do Paulo Fonseca não será a falta de competência técnica, mas de bagagem psicológica para mentalizar as vedetas do FC Porto, por conseguinte, tudo leva a crer que será uma questão de liderança...
E é claro que para quem, como Pinto da Costa tem de decidir, está habituado ao êxito e raramente se engana, será muito difícil reconhecer que desta vez se enganou.
Apesar de tudo, só o futuro se encarregará de provar se foi ou não, mais uma decisão certa do presidente do FC Porto.
Entretanto quem vai sofrendo os ataques de nervos vão sendo os adeptos, que no fundo, são quem vai expiando os pecados cometidos por quem tem o poder.
Isto porque a direcção do clube paga a peso d'Ouro e que são os que usufruem dos privilégios, estão financeiramente garantidos.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Abrimos portas à frontalidade, mas restringimos sem demagogia, o insulto e a provocação.