quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

Liga Europa- Carlos Eduardo e Diego Reyes regressam

19-02-2014 – Lista de convocados para a Liga Europa

As chamadas de Diego Reyes e Carlos Eduardo são as principais novidades na lista de convocados elaborada por Paulo Fonseca para o jogo frente ao Eintracht Frankfurt, marcado para esta quinta-feira, às 20h05, no Estádio do Dragão, da primeira mão dos 16 avos-de-final da Liga Europa.
O central mexicano rende Abdoulaye em relação à convocatória para o jogo frente ao Gil Vicente (2-1), em Barcelos, uma vez que o senegalês não pode actuar nas competições europeias. Já o médio brasileiro, totalmente recuperado de uma entorse traumática no tornozelo direito, foi convocado em detrimento de Mikel.

No último ensaio antes do encontro com a formação alemã, Carlos Eduardo treinou sem limitações e Defour fez trabalho específico de ginásio, enquanto Kadú treinou com o FC Porto B. O médio Mikel e o defesa Quiño voltaram a trabalhar com a equipa principal.

Lista de 18 convocados: Helton e Fabiano (g.r.); Danilo, Maicon, Ricardo Quaresma, Josué, Jackson Martínez, Quintero, Ghilas, Reyes, Herrera, Varela, Licá, Carlos Eduardo, Ricardo, Mangala, Fernando e Alex Sandro.


Equipa provável: Helton, Danilo, Maicon, Mangala e Alex Sandro

Meio-campo: Fernando, Josué e Herrera
Ataque: Quaresma, Jackson e Varela.



 Paulo Fonseca espera um Eintracht difícil
Na conferência de imprensa antes do desafio contra o Eintracht de Frankfurt, o treinador Paulo Fonseca assumiu um “grande optimismo” e definiu o próximo adversário do FC Porto como “uma equipa forte em termos físicos e com um sistema de jogo bem vincado”. Por seu lado, o defesa Alex Sandro referiu que os Dragões estão “confiantes” e que as mais recentes vitórias “fizeram bem ao grupo”.
O treinador afirmou não pensar em favoritos no desafio contra o 12.º classificado da Bundesliga: “É uma competição em que, se queremos ter ambição, temos de passar esta eliminatória. A questão do favoritismo é muito subjectiva e o facto é que o Eintracht, nos últimos oito jogos na UEFA Europa League, venceu sete e com resultados muito interessantes. Estas últimas derrotas do nosso adversário foram contra equipas fortíssimas (duas com o Borussia de Dortmund e uma com o Bayern de Munique) e não podemos avaliá-lo de forma tão leve. É uma equipa forte em termos físicos, com características muito próprias, com sistema de jogo bem vincado e enraizado, bem como muito objectiva a chegar à zona de finalização. Espero um jogo difícil”.

Paulo Fonseca não tem dúvidas de que, nas eliminatórias de uma competição deste género, é importante começar com o pé direito: “É sempre importante vencer. É o primeiro jogo desta eliminatória, em casa, e importa construir um bom resultado. Nós queremos chegar o mais longe possível, apesar de sabermos que, nesta fase, existem equipas muito fortes. É uma tarefa complicada vencer esta prova, pelo que temos de pensar nesta eliminatória e ultrapassar um adversário que não vai ser fácil”.

O treinador relativizou o facto de a equipa não ter vencido, para as competições europeias, em casa – “estivemos muito perto de vencer, realizámos alguns dos nossos melhores jogos esta época na UEFA Champions League” – e não se desviou do rumo traçado desde o início da época: “A nossa prioridade é o campeonato. Vamos tentar gerir da melhor forma este calendário apertado, que existe devido a estarmos presentes nas competições todas. Vamos entrar em qualquer partida para vencer, seja em que prova for, e vamos tentar gerir da melhor forma a questão física e a sobrecarga de jogos que possa existir”.

Contrariando a suposta pré-convocatória de Fernando para a selecção portuguesa e não dando a entender se Carlos Eduardo vai ser utilizado no desafio contra os alemães, Paulo Fonseca analisou de forma sucinta o facto de não haver “onzes” repetidos pelo FC Porto: “Se analisarmos aquilo que têm sido as nossas semanas e o boletim clinico, percebemos que era impossível repetir as opções, principalmente no meio-campo. Tivemos as lesões do Fernando, do Defour, do Josué, do Carlos Eduardo, a saída do Lucho; espero que não haja mais lesões para condicionar as minhas opções”.

Alex Sandro: “Entramos em todas as competições para vencer”
O lateral-esquerdo Alex Sandro, por seu lado, afirmou que a equipa se encontra motivada para este jogo da UEFA Europa League: “Estamos confiantes, pois estas últimas vitórias fizeram bem ao grupo. Entramos em todas as competições para vencer e, esta época, queremos ganhar o máximo de provas. Não queremos sofrer golos neste jogo com o Eintracht e temos de pensar na vitória, pois é isso que importa”.

O brasileiro, o jogador mais utilizado esta época, disse estar em boas condições para ser utilizado nas partidas que o treinador desejar: “Sinto-me muito bem física e tecnicamente. Quero sempre jogar mais e estou disponível para jogar todos os jogos”.

A partida tem lugar esta quinta-feira, pelas 20h05, no Estádio do Dragão e conta para a primeira mão dos dezasseis-avos-de-final da UEFA Europa League.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Abrimos portas à frontalidade, mas restringimos sem demagogia, o insulto e a provocação.