quinta-feira, 3 de julho de 2014

Pinto da Costa, o primeiro treino e novidades

03/06/2014 - Pinto da Costa: "O Rolando está aqui para ficar"

Sobre Lopetegui: "É um homem com sucesso, foi campeão pelas camadas jovens de Espanha, o que não é fácil - Portugal foi uma vez e não voltou a ser -, é um excelente organizador, aposta nos jovens e já vi que é extremamente rigoroso, e se foi escolhido é porque tenho total confiança nele.

Relativamente a Rolando: "Posso garantir que nunca ninguém do Inter nos falou. Há muito tempo que estava determinado que o Rolando faria parte do plantel e, hoje, contrariamente às invenções de notícias sobre a sua saída, o Rolando está aqui para treinar e fazer parte do plantel.


Início dos trabalhos - Primeiro treino da época 2014/15

O FC Porto regressou esta quinta-feira aos trabalhos e no primeiro da era Julen Lopetegui apresentaram-se 24 jogadores.

A presença de Rolando - acaba por ser o maior destaque do primeiro dia de trabalho da pré-temporada do FC Porto.

Com o Mundial '2014 a amputar a equipa de nove jogadores, apresentaram-se esta manhã no Olival 24 atletas, entres eles os reforços Evandro, Óliver, Ricardo e Sami para além de Lichnovsky e Rúben Neves, recrutado na equipa B.

Os 24 jogadores : Abdoulaye, Alex Sandro, Carlos Eduardo, Danilo, Fabiano, Gonçalo Paciência, Evandro, Helton, Kayembe, Josué, Kadu, Kelvin, Licá, Maicon, Mikel, Óliver, Quaresma, Ricardo, Ricardo Pereira, Rolando, Rúben Neves, Lichnovsky, Sami e Victor Garcia.

Lopetegui chama Lichnovsky e Rúben Neves

Os dois jogadores chegam da equipa B para colmatar as ausências na defesa e meio-campo nesta primeira fase da pré-temporada.

O defesa-central Lichnovsky e o trinco Rúben Neves são dois dos nomes do plantel à disposição de Julen Lopetegui no primeiro treino da pré-temporada do FC Porto 2014/15.

Tanto o chileno como o jovem português - primeiro ano de júnior - foram chamados aos trabalhos da equipa principal para colmatar a falta de soluções para duas posições específicas.

Lichnovsky junta-se a Rolando, Abdoulaye e Maicon para formar o quarteto de defesas-centrais, enquanto Rúben Neves permitirá a Lopetegui ter mais mais do que um trinco à disposição, além de Mikel.


Lesão grave no primeiro treino - Mikel (com azar) pára vários meses

Fractura na tíbia esquerda impede luta por um lugar no plantel de Julen Lopetegui.

O nigeriano Mikel não podia ter entrado pior em 2014/15. No primeiro treino da época, o trinco que lutava para conquistar um lugar no plantel de Julen Lopetegui, sofreu uma fratura no terço médio da tíbia esquerda e foi de imediato operado no Hospital de Santa Maria, pelo Dr. Leandro Massada e pela Dra. Marta Massada.

A cirurgia correu bem e o jogador terá alta durante esta sexta-feira. O tempo previsível de paragem não foi divulgado, mas uma lesão desta natureza implica a paragem de vários meses.


Óliver Torres e a opção pelos Dragões - "Uma oportunidade destas surge uma vez"

Óliver Torres vê a chegada ao FC Porto como uma grande oportunidade que não podia desperdiçar. "Uma oportunidade como o FC Porto não há que pensar muito, porque é uma oportunidade que pode surgir só uma vez na vida. Tive a felicidade de poder agarrá-la. Espero aprender, ajudar e crescer".

Numa conversa com o Porto Canal, o médio cedido pelo Atlético de Madrid mostrou estar já a par da grandeza do clube, sobretudo depois do que viu no museu, ao mesmo tempo que se revela encantado com a forma como foi recebido. "Esperava um museu mais pequeno, mais tranquilo, mas entrei e vi muita história junta. Percebi que para os jogadores que chegam é importante percebermos melhor o clube, a sua grandeza. Estou há pouco aqui, mas já deu para ver o ambiente humano que rodeia todo o clube, as pessoas têm sido excepcionais e o treinador também. Só tenho palavras de surpresa e de agradecimento a todos pelo tratamento, desde o primeiro dia. As qualidades humanas que vejo no clube são admiráveis", disse Óliver, falando também de Julen Lopetegui.

"Desde que comecei nos sub-18, Lopetegui tornou-se uma referência e é graças a ele que posso estar aqui hoje, não só no FC Porto como nas selecções. Isso tem-me permitido trabalhar e continuar a crescer", apontou.
"Ganhar sempre, é o lema do clube e é nisso que vou trabalhar", rematou Óliver Torres.


Alex Sandro - "Lopetegui é rígido com os horários e táctica"

Alex Sandro está entusiasmado com a nova época do FC Porto e garante que o sentimento é partilhado por todo o plantel, sobretudo no que toca a Lopetegui. "É um treinador aberto, rígido com os horários e a táctica. Todos falam que gostam do treinador, espero que seja assim ao longo da época", disse o lateral brasileiro ao Porto Canal.
A integração dos reforços é um ponto fundamental, conforme refere Alex Sandro. "Quanto mais cedo os jogadores se conhecerem melhor. Isso vai ser importante. Os jogadores que chegam têm de ter esta mentalidade: pensar sempre na vitória".

Martins Indi - "O FC Porto é um clube que me agrada"

O defesa-central da selecção holandesa e do Feyenoord ainda não foi oficializado como reforço do FC Porto, mas já não esconde as opiniões sobre o clube azul e branco.

"O FC Porto seria um passo em frente", disse Bruno Martins Indi à publicação holandesa www. ad.nl, dando a entender conhecer bastante bem a realidade dos portistas. "Tem um bom treinador, que deposita muita fé em mim, nas minhas qualidades futebolísticas", pode ler-se no site. "O FC Porto é um clube que me agrada", acrescentou.

Escusando-se a confirmar oficialmente a mudança do Feyenoord para o FC Porto, preferindo o discurso de que está concentrado a 100% na selecção holandesa que disputa ainda o Mundial,. Indi não deixou de referir a importância de poder jogar em Portugal, país onde nasceu. "Portugal está no meu coração".


Lisandro López fanfarrão, embandeirando em arco: 

"Acabámos com o domínio do FC Porto"

Felizmente, na temporada passada, acabámos com o domínio do FC Porto e agora teremos d
e repetir a campanha do ano passado. Aliás, se conseguirmos melhorá-la, ganhando tudo, será magnífico".

Isso vai cantando (de galo) que logo bebes…! Pode ser que te …!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Abrimos portas à frontalidade, mas restringimos sem demagogia, o insulto e a provocação.