sábado, 12 de julho de 2014

Adrián López e Rolando persona non grata

12/07/2014 - Adrián LópezA SAD investiu 11 milhões em 60 por cento dos direitos económicos do avançado, que assinou por cinco temporadas e tem uma cláusula de 60 milhões de euros
A SAD do FC Porto comunicou à Comissão de Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) a aquisição de Adrián López.
Os azuis e brancos investiram 11 milhões de euros em 60 por cento dos direitos económicos do avançado espanhol, que assinou um contrato válido por cinco temporadas e tem uma cláusula de rescisão de 60 milhões de euros.


PS - O censurável procedimento do Rolando

Porque o Rolando devia ter em consideração que foi o FC Porto que o promoveu, que foi nos Dragões que pôde evoluir, que deu nas vistas e atingiu o nível que lhe permitiu jogar na selecção nacional e ser cobiçado pelos tubarões europeus...!

Se Rolando não quer ficar que vá à sua vida, porque nos Dragões só queremos quem gosta do azul e branco, tem orgulho e ama o brasão abençoado da camisola que enverga.
No FC Porto só interessam os que cá estão...!


Rolando não seguiu para o estágio dos azuis e brancos em Horst, na Holanda. Depois da Roma ter apresentado uma proposta à SAD, tudo indica que o central vai mesmo deixar o clube.
Apesar de ter sido dado como certo no plantel do FC Porto por Pinto da Costa, Rolando terá feito pressão para sair e a última proposta da Roma parece ter convencido os dragões a abrir mão de um jogador que entrou no último ano de contrato.

Entre os elementos que integram a comitiva que embarcou esta tarde para a Holanda contaram-se os reforços Adrián e Opare. O espanhol chegou ontem a Portugal e vai dar início à preparação já a partir de amanhã. Quanto a Opare, a sua integração já era aguardada, terminado o período de férias concedido depois do Mundial.

Ainda em relação a novidades para o estágio refira-se a integração de Helton, que vai dar seguimento à sua recuperação juntamente com os restantes jogadores do plantel. No Porto ficou o venezuelano Víctor García, que deverá passar a evoluir com a equipa B, uma vez que Lopetegui já tem Opare para trabalhar a defesa.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Abrimos portas à frontalidade, mas restringimos sem demagogia, o insulto e a provocação.